Baixe o Guia de Inglês GRÁTIS

Aprenda Inglês com música

Baixe gratuitamente o guia para aprender Inglês com música e aprenda o idioma de forma simples e divertida. Clique no botão para ter acesso

Aeroporto de Miami, Estados Unidos

Você tem medo de voar?

Eu tinha muito medo de voar, em pensar em entrar em um avião me sentia mal. Achava que seria impossível fazer a minha sonhada viagem para Disney. Mas o que fazer para superar tal coisa?

Aeroporto

Você pode imaginar que é perigoso viajar de avião mas as estastísticas mostram os número e não há como não concordar, agora que superei esse medo horrível, posso falar mais à vontade.

Além de poder desfrutar deste meio de transporte, convivo com ele o tempo todo. Não viajo, mas a quantidade de voos aqui em Miami é demais. A cada 3 minutos um avião pousa ou levanta voo. Isso mesmo!!! Nesse mesmo instante acabou de passar um 🙂

No começo, quando cheguei aqui e ia no Walmart, ficava totalmente incomodada, pois os aviões pareciam estar pousando na minha cabeça, parecia que poderia tocar neles. Só impressão!! Mas dava medo no começo.

​É seguro viajar de avião?

O início de 2014 marcou ao mesmo tempo o 100º aniversário da aviação. 

Bilhões de passageiros são transportados em aviões e dúvidas surgem quando falamos de voar, pois somos animais terrestres, não é mesmo? Eu adoro a oportunidade de chegar em outro país mais rapidamente, mas sempre tenho aquele friozinho na barriga em alguns momentos quando fico muito tempo sem entrar em um avião.​

Mas vale lembrar que a chance de se morrer em um acidente de automóvel é draticamente maior!

Em média, morrem nas rodovias norte-americanas 11 mil pessoas a cada seis meses nos Estados Unidos e isso equivale ao total de mortos em acidentes aéreos no mundo todo desde a primeira queda de um avião comercial há 40 anos. De fato, menos gente faleceu em acidentes com avião comercial nos EUA nos últimos 60 anos do que a média de mortes em rodovias a cada três meses.​

Há 30 anos, a probabilidade de ocorrer um acidente era uma para cada 140 milhões de milhas voadas; hoje, a cada 1,4 bilhão. O fator segurança está dez vezes melhor em três décadas.

Veja como é simples identificar:

MEIO DE TRANSPORTE

Automóvel / Ónibus

Transporte Aquático​

Ferrovia​

Transporte Aéreo Regular​

Óbtos por milhão de passageiros

201.3

​5.3

3.0

1.0​

E você sabe que há muitas coisas que descobri sobre esse assunto e quero dividir com você!

Grávidas podem viajar?

Grávida pronta para viajar

​A princípio não há problema em viajar de avião no primeiro e segundo trimestres de gestação (até 27 semanas), desde que você não tenha complicações médicas. Entre as 28 e as 36 semanas, normalmente é possível viajar de avião, mas algumas companhias aéreas têm restrições, devido ao risco de um parto prematuro. Não que ninguém vá perguntar se você está grávida na hora de vender a passagem, mas você poderá ser questionada bem no portão de embarque e ter que passar por um sufoco de última hora. As restrições das empresas não devem ser os únicos fatores a se pensar. Lembre-se de que, em condições normais, não demora muito para qualquer pessoa se sentir extremamente desconfortável no assento de um avião. 

Seja também realista quanto à possibilidade de uma emergência médica longe de casa. Por isso, cheque a política da empresa em que pretende voar e peça um atestado para seu médico. Saiba, porém, que em alguns casos, no finalzinho da gravidez, a partir de 36 semanas, o voo só é mesmo permitido com a presença do próprio médico junto com a passageira no avião.


E um recém nascido, pode viajar de avião?

Recém nascido na mala

Sejamos realistas: com um recém-nascido, você não vai querer viajar para lugar nenhum, a não ser que seja imprescindível. Você ainda vai estar se recuperando do parto, e o bebê exigirá atenção permanente: entre mamadas, trocas de fralda e muito sono interrompido, você vai ficar exausta!

À partir de 3 meses de idade, os bebês não são mais tão frágeis, e por outro lado são muito portáteis: podem ser carregados de cá para lá quase sem reclamar, pois não estranham tanto a mudança de ambiente. As coisas vão mudar depois que seu filho aprender a engatinhar e andar.
O final da licença-maternidade é um ótimo período, antes de voltar à rotina do trabalho.

Como proceder com os menores desacompanhados?

menina

Os pais ou resposáveis da criança que viaja desacompanhada devem preencher um formulário adequado que recebem durante o check-in. O formulário contém a declaração do transporte da criança pelas companhias aéreas e a autorização para recolher a criança por uma pessoa designada no aeroporto de destino.

Uma pessoa especialmente designada cuida da criança por todo o tempo, desde o check-in até o momento de deixá-la nas mãos da pessoa determinada para recebê-la. Se o voo for com escala, as crianças esperam o outro voo em salas especiais dos aeroportos de transferência. Na sala de espera, as crianças têm acesso a jogos de tabuleiro, brinquedos, música e programas de televisão.

Uma criança que viaja sob os cuidados dos funcionários da aeronave deve ter mínimo de quatro ou cinco anos, dependendo da companhia aérea. Em alguns voos, o limite da idade para as crianças que podem viajar desacompanhadas é maior.

Os regulamentos da companhia aérea determinam se uma criança pode viajar sozinha, sem a supervisão de um adulto. As transportadoras definem a idade mínima individualmente. Por isso, antes de comprar a passagem, verifique se a criança será autorizada a viajar sozinha.

A informação de que a criança viajará desacompanhada, com a ajuda dos funcionários do voo, deve ser dada com antecedência, entrando em contato com a companhia aérea. Durante a reserva do serviço adicional de cuidado, será preciso o documento de identidade da criança (passaporte ou cédula de identidade temporária). Há uma taxa de menor desacompanhado em torno R$ 100 por trecho e por criança, cobrada pela companhia aérea (taxa de acompanhamento).

O número de crianças desacompanhadas que podem viajar no mesmo voo é limitado. Por isso, as companhias aéreas podem recusar a sua reserva. Se a passagem com o serviço de cuidado extra foi reservada para uma criança, verifique se ela está bem preparada:

- tem um passaporte ou uma cédula de identidade temporária válida;

- tem uma cópia impressa da confirmação da reserva;

- o visto apropriado (se necessário);

- a autorização dos pais.

Uma boa ideia para a viagem, independentemente da criança, é comprar um seguro viagem.

Veja nesse link as informações à respeito do formulário de autorização para o menor viajar sozinho.

​E quanto aos Pets, eles poder viajar de avião?

gato

Para qualquer viagem internacional de cães e gatos, o estado de saúde e o histórico sanitário do animal devem estar declarados num documento emitido pelas autoridades veterinárias do país de origem e aceito pelo país de destino. No Brasil esses documentos são o Passaporte para Trânsito de Cães e Gatos e o Certificado Veterinário Internacional (CVI). Ambos são emitidos e/ou chancelados por Fiscais Federais Agropecuários (FFA), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), lotados nas Unidades do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (VIGIAGRO) nos aeroportos, portos, postos de fronteira e aduanas especiais ou nas Superintendências Federais de Agriculturas nos Estados. Além do histórico sanitário do animal declarado no Passaporte ou no CVI, alguns países impõem outras exigências específicas para permitir o ingresso de animais de companhia em seus territórios.Para embarcar em viagens nacionais ou internacionais você precisa de: atestado de saúde fornecido pelo veterinário (no máx. 3 dias antes da viagem) e certificado de vacinação antirrábica (a vacinação deve ter sido feita 30 dias ou mais antes da viagem).

Há restrições quanto ao número de animais que estão imigrando em alguns países. Portanto, informe-se antes para evitar surpresas no desembarque.

Existem muitas coisas à respeito do assunto, é necessário pesquisar bem antes de viajar com o seu querido animal. Então, não deixe para a última hora, pois pode não dar tempo. Levará no mínimo uns 3 meses para tudo estar regularizado. Mas encontrará muitas respostas aqui!

Onde o animal será transportado?​

Na maioria das companhias, o animal irá no compartimento de carga dentro de uma caixa de transporte, cujas medidas e características variam com a companhia aérea. Informe-se sobre o tipo de caixa e medidas antes de comprá-la. Algumas companhias permitem que os animais viajem com os donos. Raças pequenas e gatos são tolerados junto com os passageiros, em alguns casos. Há restrições quanto ao número de animais por voo, portanto, deve-se fazer uma reserva para viajar com o animal.

E quanto ao aeroporto de Miami, você já o conhece?​

airporto-miami

Ele parece mais uma cidade que um aeroporto, mas não se preocupe, pois é fácil você se localizar, além do que é só seguir o fluxo e fazer o que todos estiverem fazendo. Isso é verdade!!

Nossa amiga veio sozinha do Brasil até Miami, em voo direto para não correr nenhum risco (rsrs) e chegou até nosso apartamento sem nenhum problema e totalmente sozinha. Detalhe: não fala nada de inglês e sabe um pouco de espanhol!

Perca o medo e faça sua viagem sonhada!!!​

​Fique agora com um vídeo de como é o aeroporto de Miami.

Fiquem ligados nas dicas do vídeo e se gostou compartihe !!!  😉

Valdirene Martins
 

Olá. Meu nome é Valdirene Martins e vivo em Miami desde 2013. Sou brasileira, mas meu coração já é metade americano. Gosto de tudo por aqui. Sinto saudades da família e amigos, porém os Estados Unidos oferecem vantagens e oportunidades de experimentar muitas coisas novas. Estou adorando dividir tudo isso com vocês.

Deixe um comentário 0 comentários

Deixe uma resposta

E-book Completo, Veja como matricular seus filhos nos E.U.A.

x

Tenha acesso ao

E-Book completo

Ebook Educacao Americana
x