Indo ao supermercado nos Estados Unidos

Supermercado nos Estados Unidos

De supermercado eu entendo… e eu estava até enjoada…mas isso passa logo quando se conhece um lugar que você necessita escolher entre uma grande variedade!!!

Na verdade, é tanta variedade que fica difícil escolher, e aquela engordadinha básica é fatal. Experimentar coisas novas é uma delícia, e se você não é do tipo de que gosta de coisas diferentes, vai se dar bem do mesmo jeito, pois há muitas marcas conhecidas que existem no Brasil. A única coisa é que geralmente não se encontaram no mesmo supermercado. Gosto do Winn Dixie porque é bem grande, com uma variedade enorme e tem produtos orgânicos bem variados!!! 

Em relação aos preços não muda muito, pois aqui todos são muito competitivos, mas existem vantagens e desvantagens. Com o cartão de fidelidade você ganha alguns descontos, além de ganhar alguns dolares de gasolina em um posto específico. A desvantagem é que com maior variedade você acaba querendo experimentar mais e consequentimente gasta mais!!!

Não precisa se assustar quanto ao caixa de autoatendimento (que é para 20 itens), existe um funcionário que fica à disposição caso você necessite de ajuda. E também há os caixas normais, como nos supermercados do Brasil. 


Caixa de autoatendimento no WinDixie

 
Caixa de supermercado com autoatendimento
 
Nossa filhinha Amanda estava muito curiosa sobre como funcionava o caixa automatizado do supermercado Winn Dixie, então a levamos para fazer compras e deixamos que ela fizesse o processo de passar as compras para matar sua curiosidade.
 
Esse caixa automatizado é muito interessante, a própria pessoa pode passar as compras desde que sejam no máximo 20 itens e após finalizar todo o processo se utilza o cartão de crédito para pagamento.
 
Aqui nos Estados Unidos há uma maior confiança nas pessoas e processos de autoatendimento são comuns porque não há uma grande preocupação ou desconfiança com trapaças porque por aqui são mais difíceis de acontecer devido à própria cultura.

 

Claudemir Martins
 

Nasci e cresci no interior de São Paulo, no ano de 2013 me mudei com minha família (esposa e filha) para os Estados Unidos e desde então vivemos nesse maravilhoso país.