style="display:inline-block;width:728px;height:90px"
data-ad-client="ca-pub-4096416861955340"
data-ad-slot="3966619962">

7

Quanto custa morar nos Estados Unidos

Uma das grandes diferenças culturais entre Brasil e Estados Unidos é a importância que os norte-americanos dão para a concorrência na economia. Nos EUA, é muito difícil ver o governo tomando conta, sozinho, de algum aspecto da vida do cidadão. Isso se reflete, inclusive, na oferta de serviços básicos para a população, como eletricidade e água.

Conta de luz nos Estados Unidos

A conta de luz é mais barata nos Estados Unidos

Isto costuma ser ótimo, já que o cidadão quase sempre terá opções de empresas para contratar. Analisando o custo-benefício de cada uma, a certeza de economia é alta.

Este é um dos principais motivos pelos quais os serviços nos EUA são muito mais baratos do que no Brasil. Enquanto que no país tupiniquim há grande concentração de poucas empresas oferecendo os mesmos serviços, nos EUA é o contrário.

A concorrência gera inovação, preços e serviços melhores. A internet nos EUA é mais rápida e estável, há centenas de opções de serviços de assinatura de TV à cabo, o telefone é mais barato...

Água e energia elétrica nos Estados Unidos

Nas grandes cidades norte-americanas, é comum mais de uma empresa oferecer água tratada ou energia elétrica. É isto mesmo – o morador poderá escolher qual empresa de eletricidade, por exemplo, fornecerá energia para sua casa pelo menor preço! Em várias cidades da Flórida – destino preferido dos brasileiros – é assim.

Empresas de eletricidade

É possível escolher as empresas de eletricidade nos Estados Unidos

Quando um brasileiro se muda para os Estados Unidos – especialmente quando compra uma casa, uma das primeiras providências é entrar em contato com as empresas de água e energia. Os corretores de imóveis costumam deixar esta parte a cargo do comprador.

Eles fornecem uma lista de empresas de água e eletricidade, e o novo inquilino deve entrar em contato com elas para fazer um novo contrato e acertar o abastecimento.

Dependendo da localidade, a empresa de energia ou água poderá solicitar um depósito prévio antes de ligar o fornecimento, baseado em médias históricas de consumo em sua região de residência. Por isso, fique pronto para desembolsar uma quantia de algumas centenas de dólares antes de ter a energia e a água funcionando.

Diversões custam pouco

Fora água e energia, quem quiser assinar serviços de entretenimento nos EUA sairá no lucro. Há planos de TV por assinatura para todos os gostos, desde os mais baratinhos e que incluem algumas dezenas de canais aos mais completos – e que saem muito mais barato do que planos similares no Brasil.

Em termos de internet, então, não há comparação! Os planos mais baratos nos EUA quase sempre são melhores que alguns dos mais caros do Brasil, se não em termos de preço, então de qualidade de conexão.

TV a cabo nos Estados Unidos

TV a cabo nos Estados Unidos tem mais opcões

Como há muitas opções de empresas prestadoras destes serviços, a oferta de pacotes é imensa em todo o país, e certamente você encontrará um que cabe em seu orçamento mensal.

A conclusão é que os serviços básico nos Estados Unidos são muito baratos

No geral, pode-se dizer que a conta de energia elétrica e de água é mais barata nos EUA do que no Brasil.

Agora, é bom ficar atento, especialmente no caso da energia elétrica. Muitos brasileiros que se mudam para os EUA irão notar a diferença no uso da eletricidade nos primeiros meses, ainda mais se morarem em estados com verão escaldante.

Isto porque as casas norte-americanas costumam ter ar-condicionado central, e elas geralmente não são construídas de maneira a reter o ar frio de maneira eficiente. Por isso, usa-se energia elétrica no ar condicionado o tempo todo.

Vivendo nos Estados Unidos, acostumamos com esse sistema de ar condicionado 24/7 e achamos que a conta é até muito barata, aqui usa-se eletricidade para tudo e no começo pensamos que seria um absurdo de caro, mas notamos que não é bem assim.

Contribuimos com informações valiosas, e agora é sua vez de contribuir com o Blog, clique nos botões abaixo e compartilhe.

Claudemir Martins
 

Nasci e cresci no interior de São Paulo, no ano de 2013 me mudei com minha família (esposa e filha) para os Estados Unidos e desde então vivemos nesse maravilhoso país.

ag - 6 de dezembro de 2016

Estou me mudando para Miami.
Alguem pode me informar o telefone de alguma agencia bancaria que o gerente fale portugues.

Obrigado

Gisele Pinho Olivieri - 18 de março de 2016

Claudemir,

Bom dia!!Tudo bem??
Obrigada pelas dicas!!Estamos planejando em ficar 1 ano nos EUA, para estudar em 2017, qual o plano de saúde que você contratou para sua família, em qual bairro de Miami, tem as melhores escolas públicas, para crianças de 10 e 6 anos, assim vou procurar residência, próximo delas!
Obrigada dês de já!
Gisele

    Claudemir Martins - 20 de março de 2016

    Olá Gisele,

    O plano de saúde é pago pela empresa, se você for trabalhar para uma empresa aqui, negocie com ela esse plano de saúde.
    Caso seu ganho seja menor que $53.000 por ano, você poderá aplicar para o Obama Care.

    Não temos bairros em Miami, a região é composta de cidades dentro de condados, moramos na cidade de Doral que faz parte do condado de Miami-Dade, há otimas escolas aqui
    A cidade de Weston também é famosa pelo nível das escolas públicas, porém Weston fica mais afastado de Miami (uns 40 a 50 minutos e carro)

    Abraço
    Claudemir

    Vivian - 10 de dezembro de 2016

    Olá, também estamos planejando mudar para os EUA em 2017. Para Austin, Tx. Temos 2 filhos também, 6 e 8 anos. Estou devorando tudo que vejo de informação pela frente. Para procurar escola, tenho usado o greatschools.org. Muito bom.

      Valdirene Martins - 11 de janeiro de 2017

      Olá Vivian, esta ferramenta realmente ajuda muito. Mas a realidade é que quando você chegar lá é que sentirá a afinidade com o ambiente e as pessoas. Acredito que a grande maioria das escolas nos Estados Unidos são excelentes, pois possuem um método diferente de avaliar os alunos. Com certeza você se encantará. Um detalhe que acontece aqui na Flórida é que para usar a escola pública você necessita estar morando perto dela, então confira se passa o mesmo no Texas. Boa sorte.

Daniela - 17 de março de 2016

Boa tarde,
Estou lendo seus post, esclarecendo muitas dúvidas e gostando muito.
No entanto, ainda tenho um dúvida.
Pretendo me mudar para Miami até o final do ano, porém, tenho duas filhas em idade escolar. Uma tem 12 anos e está no 7 ano e outra com 6 anos e está no 1 ano.
A mais velha tem nível de inglês intermediário e a pequena não conhece a língua.
Como funciona escola para elas?
Tem escolas bilíngues? Existem classes de adaptação para estrangeiros?
Será que você pode me ajudar, por gentileza.
Obrigada desde já.
Abraço

Os comentários estão desativados.

Quer informações sobre estudar nos EUA ? Digite seus dados -->
x