style="display:inline-block;width:728px;height:90px"
data-ad-client="ca-pub-4096416861955340"
data-ad-slot="3966619962">

35

Trabalhar nos Estados Unidos

Muitos leitores me pediram para postar algo mais sobre o assunto de trabalhar nos Estados Unidos.

Trabalhar nos Estados Unidos, é um tema amplo e complicado, pois o que meus leitores querem saber é como arranjar um trabalho aqui e isso vai depender muito de cada caso.

Eu vou tentar ser bem clara e explicar tudo o que dá para fazer (o que eu sei que dá para fazer).

Green-Card

Meu marido foi transferido para os Estados Unidos e você nem imagina o tanto de papel que o advogado teve que fazer para conseguirmos o visto L1. É um visto em que eu também posso trabalhar e depois facilita para pedir o "green card".

Bem, eu não falo nem inglês e nem espanhol. Para minha sorte viemos para Miami, onde 60% das pessoas falam o espanhol ou falam as duas línguas.

Então me virei como pude, pois quem faz curso de idioma no Brasil acaba se vendo perdido quando se depara com o dia à dia das pessoas.

Quem viveu a realidade de fazer um curso e depois viajar, sabe bem o que estou falando. As pessoas falam rápido, cortando palavras, emendando outras, assim como nós!

Então o curso que fiz, na verdade, foi dinheiro quase jogado fora, a não ser pela minha filha que teve uma ótima professora e colaborou ainda mais com o que ela já sabia da escola onde estudava.

Então, em que eu poderia pensar em trabalhar?

1- Trabalhar para outros brasileiros que já moram aqui, mas com um serviço que não tivesse que lidar com o público.

2- Fazendo algum trabalho autônomo, porém ainda assim estaria limitada aos brasileiros, mas com chance de "arranhar" no espanhol e atender as pessoas que falam essa língua.

3- Poderia abrir uma empresa de comida ou limpeza ou ainda algo do gênero, pois aqui abrir uma empresa não é nada difícil.

4- Dar aulas de português, pois sou formada na área, mas para isso teria que passar nos quesitos da licença e talvez adequar meu curriculum para isso. Poderia até dar aula nas escolas por aqui.

5- Traballhando como babysitter, porém as escolas oferecem um programa ótimos para todas as crianças e o horário seria o mais difícil, à noite, de finais de semana. E levaria um bom tempo para ganhar a confiança das pessoas, pois quem vai deixar um filho com alguém que nunca viu?

6- Conheci uma moça que era recrutadora de pessoas para trabalhar em hotéis.

Na verdade poderia fazer diversas coisas, vê? E muito mais...

Tenho que novamente lembrar que eu tenho visto, permissão para trabalhar e se algum agente me pegar trabalhando, desde que eu esteja dentro da lei, não pode fazer nada.

Trabalho como turista:

NÃO PODE!!!

músico

Você também pode entrar nos Estados Unidos com outros tipos de vistos. Talvez se encaixe em um deles. Quem sabe você que está lendo isso agora não seja um músico?

Conheço várias pessoas que vieram para cá como turistas e estão indo atrás de outros brasileiros camaradas, que já estão estabelecidos aqui e podem ajudar no quesito: trabalho.

Então, vão aprendendo como tirar o visto de emprego daqui mesmo e vão fazendo coisas como cozinhar ou limpar casas de pessoas que com certeza não vão denunciá-los.

Alguns trabalham com medo de serem pegos, pois ai é deportação com punição. Depende muito do que você infringir, mas a pena pode ser bem dura e o castigo são anos sem entrar nos Estados Unidos.

Temos um colega do meu marido que está nessa situação e é bem complicado para conseguir refazer a estabilidade de poder voltar, que seja como turista para passar alguns dias na Disney, por exemplo.

Você como turista pode até comprar casa ou outro imóvel, então, se você for uma pessoa que tem um investimento no Brasil e pode controlá-lo daqui, pode usufruir de todas as comodidades que esse país te oferece pelo tempo que conseguir do agente. Pode voltar para o Brasil quando expirar seu tempo e voltar logo em seguida para os Estados Unidos. Mas é lógico que vai depender da sua condição financeira e de quantas pessoas você tem como dependente. Quando se tem crianças, isso complica por causa da escola. Se a criança falta um dia na escola, eles já te ligam para saber o que aconteceu.

Na matéria que escrevi como alugar ou comprar imóveis aqui nos Estados Unidos, falei que um turista também pode alugar um imóvel desde que tenha o valor completo. Se quiser saber mais detalhes clique aqui.

Bem, retomando o assunto trabalho...

Por ironia, quando estava escrevendo essa matéria, abri o jornal e para minha surpresa havia os classificados de trabalho. Por aqui eles pedem sempre as duas línguas: Inglês e espanhol.

Havia todo tipo de trabalho: engenheiro, programador, mecânico enfermeiro, vendedor, gerente, instalador de gabinete, bartender, segurança, administrador e muito mais!. Trabalho, na verdade não falta....

trabalho
bartender
enfermeira

Mas nem sempre a gente se encaixa e ainda eles pedem experiência, ai complica um pouquinho mais.

Estou aqui para ajudar não é mesmo?

Já pensou que pode trabalhar da sua casa e utilizar a Internet à seu favor?

Sim, essa mesma pela qual você chegou ao meu conteúdo!

É claro que vou aconselhar você a fazer algumas coisas antes de mais nada, antes de continuar você deve:

1- Nunca pensar que morar aqui é como vir passear, pois quando se está de passeio você reservou um dinheiro e sabe tudo o que fazer. Morar é diferente, vai se acostumar com o ritmo da cidade, das pessoas e tudo o que isso envolve. Costumes, culturas, etc. Vai ter os gastos de sempre e eles podem parecer maiores porque são em dólar. Mas a proporção é a mesma ou até menor!

2- A sua reserva tem que ser para pagar as contas de pelo menos um ano com folga. Sim, tenha em mente que aqui você precisa dessa folga, pois as leis são rígidas e se o dono da casa de aluguel que você está reclamar que você está atrasado e vocês não entrarem em acordo você vai pra rua, mesmo que tenha um bebê no seu colo. Mas isso é outro caso.

dinheiro-americamo

3- Comece a fazer um trabalho pela Internet aí onde você está, até que tenha autonomia para largar seu emprego atual. Seja vendedor pela Internet, por exemplo. Mas repito, comece onde você está. Pois, um negócio na Internet apenas não tem a parte física, mas o restante é tão duro quanto.

4- Planeje no papel passo à passo. Comece desde a retirada do passaporte, até o que precisa fazer nas mínimas coisas. Pode seguir nossos exemplos. Sonhe, mas com os pés no chão para que se torne realidade. Aqui no blog tem bastante coisa para você ir lendo!

Bem, tenho certeza que vai arranjar uma maneira, pense em todas as hipóteses e não deixe de marcar nenhuma.

mulher-curiosa

Conhecemos o senhor Raul Sebazco e escrevemos sobre como fazer para ter sua residência permanente. A matéria é exatamente para aqueles que estão ilegais.

As coisas estão melhorando para aqueles que não tem documentos, já podem tirar sua licença para dirigir, que antes era proibida para indocumentados e isso melhora muita coisa para os que necessitam dirigir para chegar ao emprego e até mesmo para arranjar um emprego melhor.

Aqui mesmo, em nosso blog, damos a chance para você achar seu rumo internauta e ganhar sua liberdade. Quem estiver interessado mesmo, deixa um comentário que vamos nos falando.

mesa-de trabalho
pai-e filho
carteira-de-dinheiro

Espero ter ajudado.

Para ter mais informações sobre imóveis visite o meu novo site http://valdirenemartins.com

Valdirene Martins
 

Olá. Meu nome é Valdirene Martins e vivo em Miami desde 2013. Sou brasileira, mas meu coração já é metade americano. Gosto de tudo por aqui. Sinto saudades da família e amigos, porém os Estados Unidos oferecem vantagens e oportunidades de experimentar muitas coisas novas. Estou adorando dividir tudo isso com vocês.

Zuleica - 30 de novembro de 2016

Bom dia!!

Temoa..o.viwto B1 e B2 o que ele nos..permite realizar de forrma legal?

Obrigaa

    Claudemir Martins - 2 de dezembro de 2016

    Oi Zuleica,

    Permitem vir para os EUA para passear e participar de congressos, reuniões de negócios etc e depois deixar o país

    Abraços
    Claudemir

    Valdirene Martins - 11 de janeiro de 2017

    Olá Zuleica, o B1-Visto de negócios que pode ser usado para quem vai participar de algum evento e B2-O mais solicitado, destinado para turismo ou tratamento médico. Espero ter ajudado.

Mauro Cardoso - 27 de outubro de 2016

Antes de mais muitos parabéns pelo blog.
Eu sou português tenho mulher e uma filha com 2 anos, sou gestor de planeamento numa empresa de logística pharmaceutica, e encontro-me a finalizar um curso de mecanico de motos uma das minhas grandes paixões, mas sou uma daquelas pessoas multifacetadas ( o homem dos 7 ofícios), minha mulher tem uma empresa de estética onde realiza serviços como depilação laser, Cavitação, pestanas, etc…, adorava ter uma experiência profissional nos E.U.A. em especial miami. Já estive a ler muitos comentários aqui colocados e gostaria de tirar 3 dúvidas que penço que me possas ajudar;
1- quais os trabalhos onde existe menos mão de obra a fim de ser mais fácil obter visto?
2- entrando com visto de turista e arranjar trabalho o empregador não consegue legalizar-me?
3- a minha mulher com a empresa dela não lhe é possível ir prestar serviços aí?

Muito obrigado e mais uma vez os meus parabéns pelo blog

Cumprimentos
Mauro Cardoso
maurocardoso31@hotmail.com

    Claudemir Martins - 3 de novembro de 2016

    Olá Mauro,

    Obrigado pela visita ao Blog.
    Que bom saber que você e sua esposa são pessoas trabalhadoras

    Respondendo às suas perguntas:
    1. Os trabalhos onde existem menos mão de obras são aqueles super específicos e diferentes onde um Americano não pode exercer o cargo. Nesse caso justifica a empresa importar a mão de obra.
    2. Não, turista não pode trabalhar, é 100% ilegal. Infelizmente não existe esse processo de vir como turista, conseguir emprego e se legalizar
    3. Se tiver um bom dinheiro para investir nos Estados Unidos e gerar empregos, pode procurar tirar seu visto de investidor

    Abraços
    Claudemir

Daniel - 9 de junho de 2016

E sobre aquela famosa conversa para quem tem visto de turista: “Eu vou, trabalho como informal por 5,6 meses levanto uma grana e então volto para o Brasil”. Que é o que mais acontece na realidade, como eu mesmo testemunhei nas várias vezes que estive em Miami. Há recomendações, observações que possa fazer? obrigado.

    Claudemir Martins - 9 de junho de 2016

    Oi Daniel,

    Cada pessoa deve tomar suas próprias decisões, não julgamos quem escolhe esse caminho, mas também não aconselhamos e nem incentivamos que façam tal coisa.
    Esse procedimento é totalmente ilegal e passível de punições como por exemplo a proibição de retornar aos Estados Unidos por tempo determinado.

    Então, não recomendamos essa prática.

    Abraços
    Claudemir

Emerson - 19 de maio de 2016

Ola Valdirene e Claudemir, sou professor de dança de salão, principalmente de ritmos latinos como tango e salsa, entre outros!
Tenho muitos amigoa principalmente Argentinos que vão dar aulas por temporadas em Miami! Nao sei se é compensador, pois não acho educado perguntar esse tipo de coisa pra eles! Mais enfim que gostaria de saber de vcs, e se vcs tem conhecimento de escolas de dança por ai? Tento pesquisar no google mais não encontro muitas, e as que encontro são principalmente de ballet e jazz!

    Claudemir Martins - 9 de junho de 2016

    Olá Emerson,

    Infelizmente não podemos ajudar nessa questão, também não conhecemos Argentinos dando aulas aqui, na verdade em 3 anos morando aqui nunca ouvimos nada a respeito.

    Claudemir

Clayton - 5 de maio de 2016

Tô à procura de serviço de mecânico no Estados Unidos na área de montagem de motores diesel e a gasolina

anselmo - 5 de abril de 2016

Olá.. eu e meu irmão trabalhamos em são paulo com reformas em geral, e um cliente que tem muitos imóveis aqui e é corretor em Miame e também tem varios imoveis ai, está nos convidando para fazer nosso trabalho por ai, ele esta abrindo uma empresa e disse que pode nos oferecer uma certa carta para trabalho legal em Miame, segundo ele esse tipo de trabalho de mão de obra em geral conseguiremos ganhar um bom dinheiro pois ele ja conhece nosso trabalho e disse que todas as casas que ele vende ou aluga as pessoas pedem indicação de alguém pra reforma… aqui temos casa, carro, serviço.. porém estamos com vontade de mudar de vida..temos filho de 4 anos.. escola seria complicado pra eles? por favor de sua opinião..obs: o cara que esta nos oferecendo ajuda é de extrema confiança..

    Valdirene Martins - 5 de abril de 2016

    Olá Anselmo, se ele está oferendo algo legal diria que a é oportunidade que todos querem. Para isso, vai levar um tempo para a documentação estar certa e recomendo não vir para cá até tudo estar legalizado. Para mulher e filho em Miami a região é a melhor para a adaptação, já que aqui nesta área, o espanhol é a lingua que predomina e as crianças na escola tem aula em inglê, mas os companheiros que falam espanhol ajudam na socialização. Aproveite a oportunidade!!!

Ricardo - 29 de fevereiro de 2016

Olá boa tarde..

Gostaria de saber onde posso conseguir informações sobre emprego de representante comercial ? Vendedor Externo, na área do varejo (Supermercado, bebidas em geral)
Obrigado.
Abç

    Valdirene Martins - 1 de março de 2016

    Olá Ricardo,
    Você teria que entrar em contato com alguém desta área e também saber qual seria seu visto para tal atividade. infelizmente não tenho mais informações. Boa sorte.
    Obrigada por visitar o Blog.

Camila - 22 de fevereiro de 2016

Olá,

Como faço para trabalhar em Miami? Vc tem alguma oportunidade?

Gustavo - 16 de novembro de 2015

ola , queria saber como faço pra morar nos eua, tava afim de vender tdu ir tentar a vida ai é difícil ,? por ond começo ?

Nicelle - 5 de novembro de 2015

Olá, Parabéns para matéria muito interessante! Só fiquei na dúvida em relação a músico, tem algum visto específico? Desde já agradeço

    Valdirene Martins - 6 de novembro de 2015

    Olá. Há um de talentos especiais, mas cada um requer um requisito. Por este motivo é melhor consultar um advogado de imigração que pode passar informações mais seguras. Obrigada por sua visita em nosso Blog

Maria lucimar Bitencouut - 27 de outubro de 2015

Meu marido é técnico em refrigeração, gostaria de trabalhar em Miami, sei que tem empresas de instalação e refrigeração de ar condicionados, de brasileiros, em Miami.Gostaria se possível, que você me informasse o nome dessas empresas.
Desde já agradeço, sua ajuda tem sido de grande valia, para os brasileiros que querem morar nos U.S.A.

    Valdirene Martins - 27 de outubro de 2015

    Olá querida leitora. Agradeço sua visita no Blog. Infelizmente não tenho essa informação. Mas acredito que se pesquisar no google à respeito de empresas de refrigeração de brasileiros vai encontrar algo. Por enaquanto só conheço venezuelanos trabalhando com isso. Se quiser saber algo sobre aluguel, compra ou venda imóveis agora posso ajudar mais.

DANIEL fILHO - 12 de dezembro de 2014

Penso em morar em Miami tenho esposa e 1 filha minha esposa e fluente em inglês eu estou estudando. trabalho na Shell Company abastecendo aviões no RIO DE JANEIRO e gostaria de saber se conseguiria fazer a mesma coisa em Miami. Estive no mês de Setembro em Miami e Orlando gostei muito mas como fui a turismo não procurei saber sobre emprego pois ate então não pensava em mudar por conta da minha filha mas a situação do Brasil cada dia ficando pior penso que esta na hora de garantir um futuro melhor para minha filha.

    Valdirene Martins - 12 de dezembro de 2014

    Olá. Tente ver diretamente na empresa que você trabalha se haveria a possibilidade de uma transferência por conta de algo específico que você saiba fazer. Isso com certeza, seria o meio mais fácil de você estar aqui legalmente e já empregado.

      DANIEL fILHO - 13 de dezembro de 2014

      Já tentei com a Shell aqui transferências são raras e complicadas ainda mais para outro País mesmo sendo abastecedor e sabendo que o mercado ai esta com falta de mão de obra nesta área. vou ver nas próximas férias se passo mas tempo ai e procuro me informar melhor com as empresas fiz algumas pesquisas aqui e sei que a falta de mão de obra para este serviço.

Dan - 14 de outubro de 2014

Gostaria de saber como está o mercado de trabalho em Miami ou seja emprego nos EUA? Meu sonho trabalhar e morar em Miami. Se você puder me indicar os sites de emprego em miami. Ficarei muito agradecido pela ajuda.
Aguardo o seu retorno.
Atenciosamente

    Valdirene Martins - 14 de outubro de 2014

    Olá,

    Vou pesquisar os sites para poder te passar. Assim que estiverem selecionados nos comunicaremos, certo?

    Obrigada pela visita!!! Espero que esteja gostando do Blog 😉

      Valdirene Martins - 17 de outubro de 2014

      Olá, pesquisei entre alguns lugares e o mais interessante até o momento foi esse:

      http://www.elnuevoherald.com/clasificados/Employment/classification/MICBOther/

      É de um jormal daqui e você pode fazer uma assinatura online para acompanhar.

      Existem até outros, mas eu entrei e não são como um jornal e não são atualizados. Acredito que esse seja o melhor para você se manter envolvido e atualizado. Existe a versão inglês e espanhol.

      Espero que tenha gostado. Caso ache necessário mais alguma coisa, é só escrever.

Bruno - 9 de outubro de 2014

Muito legal o artigo. Meu sonho é arrumar um trabalho Home Office pois aí eu poderia me mandar pros EUA mesmo com o visto de turista. Sabe me dizer se é fácil conseguir a extensão do visto de turista por mais 6 meses? O que é preciso?

    Claudemir Martins - 9 de outubro de 2014

    Oi Bruno,

    Na verdade o visto de turista te permite ficar no país até 6 meses e depois tem que sair. Quando chega nos EUA o agente que te dá o tempo de permanência, não são garantidos os 6 meses, são ATÉ 6 meses e o agente de imigração é quem decide na hora.

    Como turista não pode trabalhar, as pessoas que fazem isso estão ilegais perante a lei

    Respondendo a sua pergunta, você fica 6 meses (se o agente te deu esse período), deixa o país e volta novamente e ai consegue outro período que o agente irá te dar novamente, mas lembrando sempre que não pode trabalhar oficialmente, mas imaginei a sua idéia…algo como trabalhar em casa como um programador Free Lancer por exemplo, poderia trabalhar para qualquer empresa do mundo independente do lugar que esteja. Até é uma idéia interessante, mas tenha em mente que quando for a algum departamento como por exemplo para tirar carteira de motorista ou comprar um carro, fazer um seguro, etc vão verificar sua condição no país e verão que tem visto de turista. Há pessoas que correm esse risco e vão tentando se adaptar, veja a matéria do Raul Sebazci que postamos aqui no blog. Espero ter ajudado 😉

Rodrigo - 9 de outubro de 2014

Olá, já fui diversas vezes aos EUA… Tenho muita vontade de morar lá , montar uma empresa… Tenho esposa e dois filhos…qual o melhor caminho para conseguir? Temos capital para investir .

    Claudemir Martins - 9 de outubro de 2014

    Oi Rodrigo
    Há vários vistos diferentes, eu vim para cá com o L1 que permite automaticamente trazer a família, minha mulher e filha ganharam o L2 assim que saiu o meu L1. Basicamente o L1 é quando você já trabalhar para uma empresa no Brasil e vai ser transferido para cá.

    A Carmen veio com o H1 que também é relacionado a trabalho mas meu advogado me informou que é mais complicado que o L1

    Outra maneira é investir no país e gerar emprego, mas se não me engano no valor de estar por volta dos 500 mil dólares agora(as regras mudam, e temos que rever esses detalhes).

    Tem uma matéria aqui no BLOG onde falo sobre meu Visto, com o contato da empresa de advogados que me ajudou a um bom preço, eles tinham até uma advogada Brasileira na época, o que facilita muito a conversa que a princípio é uma consultoria por Skype para ver qual sua situação antes de iniciar um processo.

    Dá uma olhada na matéria e posta aqui suas dúvidas !

Os comentários estão desativados.

E-book Completo, Veja como matricular seus filhos nos E.U.A.

x

Tenha acesso ao

E-Book completo

Ebook Educacao Americana
x